Pensão por morte após a reforma da previdência

   Para saber o valor que o dependente receberá de pensão por morte, primeiro temos que obter algumas informações:

  1.  Qual o valor da aposentadoria que tinha ou que teria direito?
  2. Qual a quantidade de dependentes?

   Por exemplo,  na hipótese de falecimento de segurado que recebia aposentadoria no valor de R$ 3.000,00 e possuía como dependentes sua esposa e um filho menor de 21 anos, o valor da pensão será de 70% (50% + 10% + 10%) da aposentadoria do falecido, isto é, R$ 2.100,00 (R$ 1.050,00 para cada). Ao completar 21 anos, o filho deixa de ser considerado um dependente e o valor da pensão passa a ser de 60% (50% + 10%), equivalente a uma renda de R$ 1.800,00. 

   Deve-se ressaltar que essa nova regra não modificará os valores para quem começou a receber pensão por morte antes da aprovação da Reforma, assim como para os segurados falecidos antes da reforma.

   Mas existem algumas exceções a esta regra de cálculo, como para policiais e dependentes com deficiência, ok? 

   Quer saber mais? entre em contato!

   Veja também:

Diferenças e Possibilidade da aplicação da Revisão da vida toda, Desaposentação e Reaposentação.

O INSS calcula o Fator Previdenciário errado!!