Como saber se a empresa está depositando o meu FGTS?

Você já conhece nosso Instagram? @monnysenunesadvogada

Para verificar se está ocorrendo o recolhimento mensal do fundo de garantia é necessário ter o extrato analítico, também chamado de extrato completo.

Neste extrato, o cidadão poderá verificar todos os recolhimentos realizados em todos os vínculos de trabalho que teve ao longo da sua vida laboral. Verificar regularmente é muito importante, por três motivos:

1.A ausência do recolhimento pode ensejar a rescisão indireta. Clique aqui para saber mais sobre a rescisão indireta.

2.Os valores do FGTS são sacados pelo empregado ao ser demitido. Sendo assim, se o empregador não estiver depositando, o empregado não poderá receber os valores no momento em que mais precisar, qual seja, o desemprego.

3.Para comprovar vínculo em pedido de benefício previdenciário (auxílio-doença, salário maternidade, aposentadoria, entre outros).

A maioria das pessoas ainda solicita o extrato diretamente na agência da CAIXA, mas isso não é necessário. Retirar o extrato analítico do FGTS pela internet é muito mais simples e rápido.

Para isso você precisará realizar o cadastro no site da Caixa. Neste momento será necessário indicar um e-mail e responder a uma ou duas perguntas sobre algum dos vínculos de trabalho que você teve. Sendo assim, se não tiver boa memória, esteja com a carteira de trabalho em mãos antes de iniciar o passo a passo.

👉 Uma dica também é utilizar como fonte de consulta o demonstrativo de contribuição previdenciária, o CNIS. 

Vamos lá!

Passo 1: Acesse o site da CAIXA clicando aqui.

Vai abrir a seguinte página:

Passo 2: Digite seu número do NIS ou do CPF

Passo 3: Clique  no quadradinho do “Não sou um robô”  e depois em Cadastra/Esqueci senha

Passo 4: Vai abrir o regulamento. Leia e em seguida clique em “Aceito”

Passo 5: Preencha todos os campos com seus dados pessoais e clique em “Não sou um robô”. Depois confirme.

Passo 6: Preencha com seu e-mail, clique em “Não sou um robô” e depois confirme 

Passo 7: Vai aparecer a informação de que foi enviado um e-mail. 

Passo 8: Confira sua caixa de e-mail. Quando você receber o e-mail da CAIXA clique em “clique aqui” que está escrito em azul, conforme imagem abaixo:

Passo 9: Crie uma senha e repita no campo abaixo. Depois, clique em “Não sou um robô” e em “Confirmar”.

Passo 10: Após você ter clicado em confirmar aparecerá uma mensagem de senha cadastrada com sucesso.

Passo 11: Clique em “fechar”.

Você será redirecionado para a página inicial, conforme passo 1.

 Preencha os campos com o NIS, CPF ou seu e-mail cadastrado e clique em “Não sou um robô” e depois em “acessar”.

Passo 12: Neste momento você deverá responder às perguntas apresentadas.

👉 Preste atenção se o que o sistema solicita é a data de entrada(admissão) ou de saída(demissão ou desligamento) da empresa. Após preencher, clique em “Confirmar”.

Passo 13: Vai aparecer uma mensagem de confirmação, clique em “sim”

Passo 14: Após isso irá aparecer a seguinte página de acesso:

Passo 15: Para verificar seu extrato clique em “FGTS” e depois em  “extrato completo”.

Passo 16: Pronto, agora é só verificar se todos os vínculos e seus respectivos recolhimentos constam no referido extrato.

Se preferir, no final da página, clique em “imprimir” para salvar o documento em PDF e/ou imprimir o extrato.

FIM!

Espero que eu tenha te ajudado a realizar o cadastro e aberto seus olhos quanto a importância de verificar o extrato do fundo de garantia regularmente. Eu te oriento a consultar as movimentações a cada 6 meses pelo menos, ok?.

Você já conhece nosso Instagram? @monnysenunesadvogada

Conta aqui para mim nos comentários se você teve alguma dificuldade 👇

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.